Thursday, March 19, 2009

A Confissão

Sempre esteve cá, esta tristeza, aquecida e aconchegada. Desculpa, os meus demónios são os amigos mais íntimos de uma existência nómada e errada. Sedentarizar é perde-los e perde-los é a consciência de que o amor que tenho a esta liberdade melancólica e negra já não é suficiente. É admitir que existe algo mais amado que a própria liberdade.
Sempre fui incapaz, sempre me senti incapaz. Mas tu eras um jardim verde cheio de rosas azuis, rosas da eternidade e do pacifismo interior. Não havia nada tão azul, tão puro, tão profundamente ligado a um amor fundo como o jardim de rosas azuis. E agora foi tudo queimado.
Pedoa estas tristezas, estas palavras duras , estes gestos quase indiferentes a uma vida reluzente. São todo o coração que tenho , tudo o que sobrou depois da tua partida.

10 comments:

Alice in Wonderland said...

Mas o jardim de rosas azuis é sedentário. Lindo, mas aborrecidamente fixo.

Queimá-lo ( ou deixá-lo arder) pode ser a solução dolorosa de um nómada que tem a casa no Mundo e a consciência constantemente errada no coração.

WinGs said...

Ser nómada é uma escolha, uma opção de vida. E assenta em ser simples, ter o coraçao do mundo, nao querer nada porque sabe exactamente o que quer.
Mas há sempre algo que prende o nómada, a beleza de um jardim que o prende a uma possibilidade de uma felicidade menos sofrida.

Quando o jardim é queimado, o nómada sofre mas não chora. Porque é o melhor para ele, foi bom enquanto existiu.

Alice in Wonderland said...

"Mas há sempre algo que prende o nómada, a beleza de um jardim que o prende a uma possibilidade de uma felicidade menos sofrida."

Essa possibilidade de que falas não existe.

O nomada é nomada, porque nenhum jardim fixo é suficiente perfeito.

Wings said...

É a possibilidade que nao existe que o prende. Porque ser nómada é contraria a convenção. E o próprio tempo. E ele gosta de quebrar toda e qualquer monotonia: nenhuma possibilidade é tão tentadora como a que nao existe.

Mas é uma questão de tempo até que o jardim fique queimado e ele tenha de partir, sem lágrimas...

Wings said...

É a possibilidade que nao existe que o prende. Porque ser nómada é contraria a convenção. E o próprio tempo. E ele gosta de quebrar toda e qualquer monotonia: nenhuma possibilidade é tão tentadora como a que nao existe.

Mas é uma questão de tempo até que o jardim fique queimado e ele tenha de partir, sem lágrimas...

Alice in Wonderland said...

Eu diria que a única possibilidade que é tentadora é a que não existe.

Mas durante o tempo em que se ilude, nenhum sedentário é tão apaixonado como o nómada.

E por isso parte sem lágrimas quando o jardim ( que nunca existiu) é queimado vivo.

Wings said...

sim, nenhuma paixão é tapo profunda e verdadeira como a do nómada. Porque ele dispoem-se a abdicar de todos os seus ideais e mdoos de vida. E é uma entrega verdadeira e honesta.

Quando o jardim é queimado vivo, o Nómada parte sem lágrimas. Porque sem a paixão que o move e que o faz sentir-se diferente, ele é apenas ele. E isso, ao menos, faz-lhe sentido.

Alice in Wonderland said...

Agora que releio os coments, ocorre-me pensar na Incerteza de Heisenberg. Nunca poderás saber exactamente o local e a velocidade do electrão.

Tens de escolher. E necessariamente perder alguma coisa.

WinGs said...

E quando perdes, ganhas.
Só tens de decidir o que preferes estudar do electrao.

Um nomada nunca escolhe estudar a posição.Para ele, é tudo , muito mais, uma questão de velocidade.

freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,