Saturday, October 25, 2008

Complexidade

Ás vezes basta o calor do Sol banhar a sombra que nunca aquece, basta sorrir de um novo ângulo. Não basta mudar a perspectiva se não houver uma alteração no sistema circundante. Algo semelhante a uma sorte que nunca chega a existir também te decide a vida
Mas não, não hoje. Hoje és inteiramente livre na tua eterna prisão de não quereres ser feliz. Hoje o sol incide sobre ti e, miraculosamente, aquece-te. Hoje o dia pertence-te porque não perdes tempo a reflectir sobre a verdadeira essência das coisas, descobriste um modo bonito de seres ignorante.
Ás vezes basta o Sol incidir sobre a tua pele para saberes que estas vivo, ainda. E isso é o suficiente para seres feliz na tua infelicidade.