Friday, October 10, 2014

Viagens

Antigamente encontrava a felicidade na imprevisibilidade do destino. A cada instante o meu ser congratulava-se com a surpresa do inesperado. Todos os caminhos eram novos e eu nunca descansava.
Agora dou comigo a olhar o caminho e a pensar como quero ir para esse sitio para onde já me digiro. E é sempre uma novidade a sensação de regresso a casa.

1 comment:

Fernando said...

Viajemos com esta música:

https://www.youtube.com/watch?v=2qS0vW_p4mI