Thursday, April 01, 2010

Demasiado tarde

O silencio fundo caiu sobre ele. Não é ironico? Sempre sentiu o ardor frio da tua ausencia mas só agora é que tem consciencia. Porque naqueles tempos sentia saudade de si proprio, não havia forma de te confiar a praia que era so dele estando a praia em cinzas. Não existia espaço para ti porque não existia espaço para ele.
Mas agora é ele o silencio negro da noite. Agora é ele o silencio pesado e solitário da noite . E apercebe-se que a tua ausencia lhe doi. Não como doi o fim de um extasiante puro amor. Ou o fim de uma paixao que consumiu o espirito. Doi-lhe porque lhe fazes falta nos pequenos pormenores peculiares. Doi-lhe porque o fazes sentir só. Doi-lhe porque descobriu que reconstruiu a praia queimada e violentada que era dele porcausa de ti. Por tu existires, para tu exitires. Sem ti, simplesmente não teria sido possivel.
Tu não sabes isso e ele acabou de descobrir. Sente a tua falta, como uma dor fria e fina que o vai anulando devagarinho. Não é nenhum amor extasiante ou alguma paixao ferverosa .Nao há anestesia. Está lucido. Sente a dor grave em cada nervo.
O silencio profundo adormeceu-o. Um sonho aconchegá-lo-á durante a noite. Sim, sonhará que te entrega a chave da sua praia azul reconstruida e que deixa de sentir tao fortemente a tua ausencia. E que não é demasiado tarde.
Para perceberes que é amor. Apenas não é extasiante ( daí que sejas um vicio pessoal dele, que o amolece mortalmente sem nunca ser causa de morte).

3 comments:

Anonymous said...

Please see! Money as debt

http://www.youtube.com/watch?v=vVkFb26u9g8

ZEITGEIST: ADDENDUM

http://www.zeitgeistmovie.com/

project camelot magnetic motor

http://www.youtube.com/watch?v=hkgyY47duCM

Importante please pass forward

YC said...

Palavras ecstasiantes! Parabéns, ótimos textos! Com certeza voltarei. Beijos

Plínio ( Bg ) said...

oi, gostei mto do seu blog,
Eu faço layouts, se você quizer ter seu blog mais personalizado, mais a sua cara... me procure
http://surtosmodeon.blogspot.com/p/portifolio-encomendas-de-layout.html