Saturday, April 19, 2008

Sacrifício

A tua voz esta no mundo
É o grito da borboleta
Ou o silencio que nunca
Se concretiza na Estalactite
É o som da maré
É o renascimento da flor
Possui a harmonia da mentira
Real
É um arco-íris audível
Com uma cor solitária

A tua voz esta em mim
Em todos os Luares Negros
Ouço-a no calcário
E na terra
Ilumina qualquer
Resto de Cemitério
Meu.

A tua voz só não esta em ti.
Morreste. Para a voz
Dominar o Universo.
Aqueceste o mundo, gastaste a tua luz
Para quebrar o céu e o mar,
Abrir a Terra.

Fecha os olhos
Hoje faço-te companhia no sacrifico.
A tua voz esta em mim. Preciso da tua
Luz .
Hoje também
Me sacrifico. Para ouvir a tua voz
Antes de adormecer.

WinGs C.