Saturday, March 31, 2007

Nevoeiro

Há dias de nevoeiro em que tudo é indefinido. Nós, o mundo. Enfim, tudo. Simplesmente, não nos apetece escrever, não nos apetece criar nada. Vivemos dos livros escritos pelos outros- histórias magníficas que se fossem nossas, não seriam tão encantadoras. E de músicas- o eterno milagre humano. Mas não são maus de todo estes dias de nevoeiro: são dias como outros quaisquer, se os soubermos aproveitar bem. Porque "Cada dia é uma pequena vida".E que temos nos, para alem de cada simples e solitário dia?